A denuncia partiu do alcalde de Mondariz
16/04/2014

Esta cuarta feira estaba previsto o xulgamento de cinco militantes da organización xuvenil Galiza Nova en Ponteareas por un suposto delito de "falta de deslucimento" en relación cun mural realizado co gallo da folga estudantil do pasado 20 de febreiro. A denuncia fora presentada "por orde do alcalde" de Mondariz, Julio Alén, quen mesmo mandou a Garda Civil para @s identificar.

Ler o artigo completo


a empresa pode entrar na "lista suja”
16/04/2014

A tentativa da Zara de anular na justiça os autos de infração da fiscalização que, em 2011, resultou na libertação de 15 trabalhadores em condições análogas às de escravos fracassou na primeira instância. O juiz afirma que houve “fraude escancarada” no outsourcing e que a subordinação é clara. A empresa foi suspensa do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo.

Ler o artigo completo


The Guardian e Washington Post
15/04/2014

As reportagens com base nas informações reveladas por Snowden valeram ao Guardian e Washington Post o galardão mais importante do jornalismo norte-americano. Ambos (no caso do Guardian a edição eletrónica para os EUA) foram considerados um “exemplo de meritório serviço público” por terem revelado “a vigilância secreta generalizada pela Agência Nacional de Segurança”.

Ler o artigo completo


Todos os grupos do Parlamento Galego
15/04/2014

Amnistia Internacional recolle a proposta de deputad@s do Parlamento galego que remitiron cartas ao Ministro de Exteriores reclamando ao goberno español apoio para incorporar á Misión da ONU para o Referendo do Sáhara Occidental persoas que investiguen violacións de dereitos humanos, “garantindo a observación independente, imparcial e constante”.

Ler o artigo completo


Sobre violaões dos seus direitos protegidos
14/04/2014

A partir de hoje, crianças ou grupos de crianças poderão apresentar reclamações sobre violações específicas dos seus direitos protegidos pela Convenção sobre os Direitos da Criança e no âmbito do Protocolo Opcional sobre crianças em conflitos armados e o Protocolo Facultativo relativo à venda de crianças, pornografia infantil e prostituição infantil

Ler o artigo completo


Crianças são principais vítimas
14/04/2014

Após longos 13 anos de guerra, a retirada total do Afeganistão das tropas norte-americanas e os seus aliados deixa para trás um legado perigoso: 1.300 km² repletos de explosivos não detonados. Além de minas terrestres, foguetes e morteiros também podem ser encontrados em toda a região. As principais vítimas desses explosivos são as crianças afegãs.

Ler o artigo completo


Proxecto de Lei de Seguranza Cidadá
14/04/2014

O Goberno dá un paso á frente para impedir as persoas sen papeis de  chamaren por teléfono desde locutorios e cibercafés ou faceren uso das conexións a Internet destes establecementos. Faino de forma discreta nun artigo -o 24- que pasou despercebido no anteproxecto de lei de Seguridade Cidadá aprobado polo Consello de Ministros.

Ler o artigo completo


Relatório 2013
10/04/2014

A Asociación Tuderechoasaber.es informa que durante 2013, o ano en que se tramitou e aprobou a Lei de Transparencia, as institucións do Reino da España recorreron en máis ocasións que en 2012 ao silencio administrativo para eludir dar resposta á cidadanía. O 57% das solicitudes de información enviadas desde a asociación non obtivo resposta, fronte ao 54% en 2012.

Ler o artigo completo


Afirma Tribunal de Justiça da União Europeia
09/04/2014

A directiva europeia da Retenção de Dados que exige aos fornecedores de telecomunicações e de acesso à Internet que mantenham os dados de tráfego e de localização, bem como os dados conexos necessários para identificar o assinante ou o utilizador, é inválida porque interfere seriamente com os direitos fundamentais da privacidade, determinou o Tribunal.

Ler o artigo completo


dossiês com informações de cunho pessoal
09/04/2014

Por meio de sua rede de vigilância digital, o governo dos EUA espionou organizações internacionais defensoras dos direitos humanos, como Anistia Internacional e Human Rights Watch. A revelação foi feita nesta quarta-feira (8/04) por Edward Snowden em depoimento por videoconferência ao Conselho da Europa, sediado na cidade francesa de Estrasburgo.

Ler o artigo completo