You are hereDiligências por detençom ilegal, danos e lesons a reporteiro sindical

Diligências por detençom ilegal, danos e lesons a reporteiro sindical


4 agentes imputados
31/03/2012

Suspendem o julgamento rápido contra o cámara da CIG denunciado por desobediência e resistência à autoridade e abrem diligências contra os quatro policiais que o arrestarom. Estám imputados por um delito de "detençom ilegal, danos e lesons" ao jornalista quando este realizava o seu trabalho na jornada de greve geral.

O Julgado de Instruçom num. 7 de Vigo abriu diligências penais contra os quatro agentes policiais despois de B.R.F., reporteiro gráfico da CIG,  os denunciar por "detençom ilegal, danos e lesons" quando realizava o seu trabalho na madrugada do 29 de março nas imediaçons de Alcampo (Coia), onde vários piquetes levavam a cabo o seu lavor informativo. A denúncia ia acompanhada de parte médico.

Segundo explicam fontes da central sindical, a juíza decidiu abrir diligências penais contra os quatro policiais e suspender o julgamento rápido que estava previsto celebrar o mesmo dia 30 como consequência da denúncia dos agentes agora imputados.

Etiquetas

NEWSLETTER

Boletín electrónico
Para recebir o Newsletter de EsCULcA, subscríbase aqui

Último Número

BIBLIOTECA

Luz Gómez (ed.)
Jaume Asens e Gerardo Pisarello

VIDEOTECA

David Fedele
Hany abu-assad

22 de Outubro de 2014

Redes Sociais